Páginas

SAPATOS...

sábado, janeiro 10, 2009

As mulheres podem falar que odeiam, que eles machucam e que são praticamente ferramentas de tortura. Mas que atire a primeira pedra, quem não tiver pelo menos um par deles no armário. E aliás, se odiassem tanto, eles não seriam a primeira opção quando se deseja transmitir poder e sensualidade. Por isso (e porque amamos ver mulheres desafiando as leis da gravidade), vamos explicar tudo sobre salto altos.
Pode se dizer que eles existem desde a antiguidade. Há registros de que açougueiros egípicios os usavam para manter os pés longe das carniças, (imaginem a sujeira dos açougues antigos, nhéca), e que os cavaleiros mongóis tinham botas com saltos para firmarem os pés nas estribos das montarias. Ou seja é bem provável que o imperador Gengis Khan, o sanguinário, tenha montado em cima deles. (Zezé Di camargo já apareceu com botas bem altinhas, mas com outros fins).
Contudo os saltos começaram a ser usados esteticamente por volta do século 16, mas precisamente em 1.533, quando a pequena Catarina de Médici levou esses sapatos de Florença para Paris, por conta de seu casamento com Duque de Orleans. Na ocasião, todas as outras mulheres da corte correram para entrar na nova moda, afinal, Catarina era naquela época o que podemos chamar hoje de trendsetter, ou seja (lançador de modas).

Depois disso os saltos viraram verdadeira febre entre os franceses, inclusive entre os homens, o rei Luís XV não saia da cama sem eles. Além dissoos sapatos também eram símbolos de status social, já que não eram práticos, muito menos acessíveis, para as camadas mais pobres da sociedade. Sendo assim, quanto mais alto o salto, maior o status social da pessoa, que podia se dar ao luxo de machucar os pés sem ter que se preocupar com o dia de amanhã. (Já pensou trabalhar o dia todo com um sapato de salto machucando seu calcanhar e dedão e no outro dia ter que usá-lo novamente para ir ralar na vida? É mais fácil ser pobre hoje, gente!)
Desde então os saltos praticamente nunca saíram de moda. Por mais que em alguns períodos os sapatos baixos tenham sido favorecidos, os saltos sempre continuaram sendo uma ótima opção quando a mulher deseja mostra superioridade ou poder, (eu acrecentaria aí "mostrar elegância").

Tipos de saltos:
ANABELA, surgiu nos anos 30 e 40 coleções MODA PRAIA, sem hifen?
CARRAPETA, anos 60 Saltos para dentro, visto em botinhas tipo Beatles.
LUIS XV, Reinado de 1715, largo nas extremidades e mais fino no meio.
SABRINA : Baixinho, usado por Audrey Hepburn no Filme "Sabrina"
STILETTO: PAI de todos os saltos. Símbolo máximo de poder, sensualidade, fetiche (e novamente acrescento elegância). Surgiu na Itália, nos anos 50, se tornando logo essencial do New Look Dior.
No começo não passava de 9 cm, necessitando de um filamento de metal em seu interior para suportar peso. No fim do século XX a altura começou a aumentar, chegando à 12 cm e 15 cm. Foi alvo de muitas críticas por parte de ortopedístas e chegaram até a ser proibidos em aviões. Anyway, eles são incriveis e ninguém pode negar!
De época em época ou moda em moda, os sapatos tendem a mudar seus nomes. Eles podem aparecer como sapatilha, scarpin, retrô, princesa, estaca, plataforma alta e baixa. Os famosos Luis xv podem ser encontrado com o nome carretel, o stiletto como agulha etc... Então bom saltos altos ou sapatos altos pra vocês!

Esse é o máximo, pra mim!


Exceto os comentários em
vermelho que foram meus, o texto foi extraído de uma revista de condomínio com direitos cedidos pela Usual Modas
.

16 comentários:

EternaApaixonada Says:
16:08

*****

Que post legal! Um tema realmente apaixonante para mim! Amo sapatos ... e bolsas... risos

Irei enviar o poema que gosto.

Beijos e um ótimo fim de semana!
Helô

*****

milton toshiba Says:
17:47

Só a Carla Bruni não usa salto por causa do marido nanico hehe
bjs

Lucia Cintra Says:
17:14

Eu sou uma das que nao vive sem salto alto.

Entre os 70 pares de sapatos que tenho, somente uns 5 sao sem salto: meu chinelo, 3 tenis e uma bota de neve. Nao acho sapato baixo bonito, e a maioria dos meus com saltos nao machucam meus pes. Nao uso outra coisa.

Bjos

Eu® Says:
18:16

Acho que sou um pouco diferente das outras mulheres, pois a maioria adora um bom salto alto. Eu fujo à regra, porque eu detesto. Adoro estar com meus pezinhos no chão, adoro tênis, sapatilhas então. Acho que as sapatilhas são delicadas como uma sandália de salto.

Tenho 1,76 e como a Carla Bruni uso e abuso de sapatos baixos, além de ter a vantagem de ser confortável, dão um charme incrível aos nossos looks, indo dos mais tradicionais ao mais fashions.

Esse que é o máximo para vc, achei muito bonito, com excessão do bico.

Um beijo!

Cadinho RoCo Says:
08:23

Uma mulher bem calçada tem lá o seu lugar.
Cadinho RoCo

Anja Rakas Says:
09:34

Sou obcecada por sapatos, rasos, altos, abertos, fechados.
Gosto de senti-los e ve-los no meu pé.
Gosto também de conversar com o chão...
Enfim...mulher nasceu pra ser contemplada, acarinhada e endeusada.

Bjs

Philip Rangel Says:
13:34

Susu...to de volta das minhas ferias...como eu falo uma mulher bem calçada tem la suas qualidades...
como esta???
bjaoo

luzdeluma Says:
14:26

As mulheres podem falar que odeiam...

Nunca ouvi nenhuma mulher dizer que odeia, todas amam e não somente sapatos, bolsas também.

Poder? Nunca pensei nisso. Mas acho sim alguns sapatos sensuais, não todos! A moda nem sempre lança coisas bonitas - ponto de vista meu - acho feio por exemplo, sandálias, sapatos de plástico. eeeeca!!

Confesso que gasto muito nesse acessório. Não compro uma roupa sem que compre um sapato exclusivo para ela. Porém no dia a dia, prefiro o conforto. Posso me dar esse luxo! (rs*)

Boa semana! Beijus

Jens Says:
10:05
Este comentário foi removido pelo autor.
Jens Says:
10:11

Oi Susi.
Até hoje não sei como vocês, mulheres, conseguem se equilibrar, quanto mais andar,nestes saltos altíssimos. Algumas até correm!, se necessário. É mais um dos inúmeros, doces e misterioros encantos femininos. Só sei que é bonito pra caramba.
***
(Quem deletou o comentário anterior fui eu. Estava com erros de pontuação e gramática capaz de ferir os olhos mais sensíveis).
***
Um beijo.
Arriba!

Nina Says:
07:42

Mas essa é a mesmo a grande paixão das mulheres, sapatos e bolsas, nao é Susi??
eu sou louca por eles!
beijao!!!

Jôka P. Says:
15:55

Susi, prefiro as sapatas.

Ludi Botelho! Says:
17:59

amo sapatos....
minha paixão...
bjooo

Sheherazade Says:
13:12

Susi,
Eu amo saltosaltos! Tanto, que abusei demais deles e agora não os posso usar porque adquirí uma tal de "inflamação da fáscia" que me provoca muita dor nos calcanhares, mas pensa que eu abrí mão deles?...Nãnãninanão! Não consigo usar os tais "anabelas", que são os únicos recomendados pelos médicos, mas eu não os suporto. Tô tentando tomar coragem e comprar um, pra ver se me adapto.
Menina, tenho tentado vir aqui mas quase sempre o jardim está, literalmente, fechado. Até me admirei quando deu certo desta vez.
Aleluia!
Ótimo findi pra você!

Janaina Says:
18:30

Amo sapatos de salto.
Não gosto de anabela, nem de plataforma. Scarpins são meu fraco. Acho lindo e poderoso!!
Também não gosto de sandálias que amarram nas pernas, mas só por ser pequena e de pernas grossas. Em gente alta e de pernas longas acho lindoooo!
E bolsas? Ai, que perdição...
Beijos!!

Elyene Says:
00:42

Retribuo a visita. Prazer em conhecê-la!

Também sou apaixonada por sapatos e bolsas. Gostei do texto e dos seus comentários.

Postar um comentário