Páginas

sexta-feira, novembro 27, 2009



A vida me passou uma rasteira, mas continua a girar e como a Lu do INSANIDADES é no intervalo da vida girando que vou tentando ser feliz. Tô esperando a minha vez, uma onda vai chegar e virá com a força de um tsunami, mas me fará flutuar acima de todas frustações e desencantos que já vivi. Afinal a vida é pra ser vivida em Pé, mas se quiser pode tirar uma onda dela é só manter o equilíbrio. Tô voltando pra ficar...Beijo meninos e meninas

3 comentários:

Jens Says:
20:04

Voltando pra ficar? Maravilha, Susi. Seja qual for a rasteira que a vida te aplicou, não se deixe abater. Outros outubros virão, outras manhãs plenas de sol e de luz. Certamente tua estrela ainda vai brilhar muito. Brilhará, brilhará...

Um beijo pra você e um exelente findi.

Georgia Says:
12:01

Susi, vc nem pode imaginar quantas rasteiras levo por dia, às vezes nem quero levantar, mas ver o mundo de baixo para cima nao é nada bom, entao estou sempre juntando às maos e me ajudando a levantar do chao. Com os pés firmes no solo, é melhor para caminhar.

O sorriso vai voltar seja o que for que tenha acontecido.

Um grande beijo

Márcia Says:
16:55

É isso aí Susi!
Como dizia nosso sábio Einstein...
"A vida é como andar de bicicleta. Para manter seu equilíbrio você deve estar em movimento".
Um dia a onda certa chega!
Bjim!

Postar um comentário