Páginas

Bookcrossing

terça-feira, novembro 08, 2011
Foi impossivel eu sair de casa hoje.
Faço alguns trabalhos pro Estúdio de gravação do marido em minha casa e hoje foi um dia "daqueles" é pc, telefone, fax e toda prestação de serviço de uma mãe PRONTO ATENDIMENTO e lá se foi meu dia BOOK CROSSING, eram 18:30 da tarde e eu ainda aqui sem libertar nenhum dos meus não caros mais preciosos livros. Livros estes companheiros de fases boas e não tão boas da minha vida, fases onde também me enclausurei me escondi de tudo e de todos e como escape eu naveguei pelos livros como náufragos solitários, passeei por castelos me sentindo a rainha que no final da história recebia a glória da segunda casa após ter sido apunhalada em seu legado pelos seus algozes que tão de perto a rodeavam. Cada livro uma história, uma história minha e dele. Cada livro um companheiro, um companheiro da minha solidão. Um companheiro que me contava coisas e que nas pausas me ouvia os pensamentos e me permitia em silêncio viver na utopia o que de mais belo eu desejei viver dentro de cada livro. De repente uma luz. Peguei um deles com titulo de guerra, bati na porta da vizinha e doei o livro. E foi assim que consegui praticar o desapego nesse dia BOOK CROSSING!

4 comentários:

Suzana Martins Says:
21:05

Isso é muito bom, não é?!! COmo é gostoso esquecer, melhor ainda é saber que esse encontro vai transformar letras. rs

beijos

Orvalho do Céu Says:
19:09

Olá, querida
Trabalhar o desapego pode ser de muitas maneiras e uma delas é a de abandonar livros por ai... que lindo gesto!!!
Estive ausente da net por motivo de mudança e só hoje pude passar...
Bjm de paz e ótimo fim de semana

Luma Rosa Says:
01:24

Susi, obrigada por sua participação! Você foi bem sortuda! A Anny levou pito da vizinha: "Não participo de correntes" (rs*), mas agora está encarando o fato como algo divertido!
Agradeço por ter-me ajudado a espalhar a ideia do BookCrossing Blogueiro e tudo o que vem agregado ao ato de "libertar" um livro.
Aproveito para contar que já agendei a 4ª Edição para a segunda quinzena de abril de 2012. A explicação para esse intervalo grande é justamente para os "apegados" se acostumarem com a ideia.
Vamos seguindo doando um pouco do que temos e motivando mais pessoas, praticando o desapego, espalhando cultura e quem sabe, despertando novos leitores?
Beijus,

Márcia Cobar Says:
19:06

Olá Susi, acho fantástica a troca de livros como fizestes. Às vezes é difícil desapegar de um título que nos tocou muito, mas passar adiante a possibilidade de evolução é uma recompensa das boas!
Que bom vc ter arrumado tempo pra praticar o book crossing
Abs
Marcia

Postar um comentário